Janeiro 09 2009

"Há pessoas que ainda não são aquelas com quem vamos viver o futuro mas que nos levam do passado para o nosso futuro".
 

É engraçado este ponto de vista e quero acreditar que as pessoas que passaram pela minha vida sejam um trampolim para a melhor de todas, com a qual irei sentir verdadeiro bem estar, verdadeira cumplicidade, verdadeira espontaneidade, verdadeiro entrelaçar de mãos, verdadeiro poder de partilha, amizade e amor...

Vou resistir à tentação da curiosidade infundada e avançar na minha vida a todo o custo e com a maior liberdade no coração por todos ao meu redor...

Porque me importo eu com o (des)valor que demonstraram por mim?

Porque "carga de água" ainda quereria acreditar que no fundo até poderia manter amizade?

Porque nunca houve amizade... nunca... nunca...nunca... nem amor...nem paixão... nem nada de palpável...tudo imaginário da minha parte e do meu íntimo...fruto de umas mensagens descabidas e uns ramos de flores sem cheiro... Serei uma romântica sem cura?

Eu gosto disso em mim, sou uma lamechas e quero alguém lamechas...

Sou dada aos outros e quero alguém que se dê aos outros e a mim, principalmente...

Os outros são importantes para mim e como tal, para a pessoa que escolher para o resto da minha vida, terei que ser a primeira prioridade...

E se sou óptima, não tenho mais que razão de querer alguém assim ou ainda melhor?

Caramba, eu tenho mais que amor-próprio e auto-estima suficiente para não tolerar atitudes inexplicáveis e indesculpáveis! Porque desculpei? Porque dei outra oportunidade?

São algumas dúvidas que me passam pela mente em dias recheados de flocos de neve!

Quero descongelar-me e desimpedir o trânsito nestes e no resto dos dias da minha vida!!!

E impulsiva como sou, queria isso já hoje! O mais rápido possível!...

 

 

Ver imagem em tamanho real

publicado por contrariadora às 18:33

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
15
16

23
24

26
27
29


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO