Abril 19 2009

 

 

Acho que ainda não descobri o que é o amor...

Só sei que não é simples e, apesar de gostar de coisas complexas, preferiria que fosse bem mais fácil de entender. Mas será que o amor se pode explicar? Era tão bom encontrarmos alguém e sentissemos logo a seta do cupido e a direcção a tomar... Talvez a vida se tornasse monótona demais...Não sei e, provavelmente, é melhor não saber e viver a vida todos os dias, como se não houvesse amanhã!
Encontro pessoas com quem me sinto cúmplice mas não sinto nenhum clique, deparo-me com outras em que há faísca, mas depois desiludem pelo egoísmo, pelas  poucas conversas e nada estimulantes... Que vida esta... ou serei mesmo muito esquisita e exigente?
Eu sei o que quero mas será que existe alguém por aí com os ingredientes todos?

Quero acreditar que sim!

Se esse príncipe não aparecer, desejo aprender a valorizar os melhores ingredientes em cada pessoa até ao dia em que uma delas me faça apaixonar (mesmo sem clique) e permaneça na minha vida!...

 

publicado por contrariadora às 15:05

Interessante como também já me indaguei sobre esse assunto...e sabes que mais?
Vou deixar de procurar...não sei, não quero saber...´tou oficialmente com o coração de folga por tempo indefinido.
É que esta procura é agonizante...lol
MA-S a 19 de Abril de 2009 às 17:42

Minha querida, acredita q não ando à procura de nada nem de ninguém...
Estou simplesmente aberta a conhecer quem passa na minha vida...o que é bastante diferente e nada agonizante!... ;P

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
16

20
21
22
24
25

26
30


links
pesquisar
 
blogs SAPO