Janeiro 10 2009

"Trazemos em nós uma tal necessidade de amor que, por vezes, um encontro no momento certo - ou talvez no momento errado - desencadeia o processo de fulminação e de fascinação.
Nesse momento, projectámos sobre outrem essa necessidade de amor, fixámo-la, endurecemo-la, e ignoramos o outro que se tornou na nossa imagem, no nosso totem. Ignoramo-lo crendo adorá-lo. Aí está, efectivamente, uma das tragédias do amor: a incompreensão de si mesmo e do outro".

 

Edgar Morin, in Amor, Poesia, Sabedoria, Ed. Instituto Piaget.

publicado por contrariadora às 18:52

"Quando não é refreado nem reprimido, o homem aproveita imediatamente para cometer abusos. Despreza quem o receia e maltrata quem o ama; receia quem o despreza e ama quem o maltrata. "
mauri a 19 de Janeiro de 2009 às 15:20

O que por regra vejo mais a acontecer nas mulheres.....
mauri a 19 de Janeiro de 2009 às 15:22

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
15
16

23
24

26
27
29


links
pesquisar
 
blogs SAPO