Janeiro 10 2009

"Uma vez amei, julguei que me amariam,
Mas não fui amado.
Não fui amado pela única grande razão -
Porque não tinha que ser.

Consolei-me voltando ao sol e à chuva,
E sentando-me outra vez à porta de casa.
Os campos, afinal, não são tão verdes para os que são amados
Como para os que o não são.
Sentir é estar distraído."

 

Alberto Caeiro, in Poemas inconjuntos.
 

publicado por contrariadora às 18:27

Um magnífico poema de Alberto Caeiro...
Adoro...
O poeta da natureza, aquele que se recusa a pensar...
"Sentir é estar distraído"
MA-S a 10 de Janeiro de 2009 às 20:55

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
15
16

23
24

26
27
29


links
pesquisar
 
blogs SAPO