Janeiro 31 2009

E agora a minha versão da letra!!!

Take time to realize,

That your warmth

Crashed down... forever

Take time to realize,

That I will never be on your si-i-i-de

Didn't I, didn't I tell you...and to myself...

But I can't spell it out for you,

No, it´s gonna be so simple

But I can't and I won´t spell it out for you

If you just realize what I've just realized,

Then we'd never be perfect for each other And we'll find another...and the one for me...

I Just realized

That I don´t miss you at all

I just realized

That I´m so happy for being free...

I just realized

That I´m over you for a long time...

So...I won´t spell it out for you

Because I just don´t care anymore...

I just realized

That love is right here and right now in my life

And I´m just waiting... And wishing...

And hoping to receive it in the perfect time...

I just realized

That I´m a light shining and hoping to be even more brilliant...

I just realized

Didn´t I tell you...

publicado por contrariadora às 22:56

Janeiro 30 2009

Já há muito que não tinha um dia assim!

Começou mal, continuou mal e só não está a acabar mal porque daqui a pouco vou dormir!

Não vou contar porque estou mesmo cansada e amanhã tenho que acordar cedinho para me dedicar à ciência!

Hoje sabiam-me bem uns miminhos, confesso....

Dar umas boas ridadas também seria agradável para afastar este meu aborrecimento...

Quero que a chuva vá embora e este meu mau-estar provisório também!

Que venha um novo dia!

Felizmente é já amanhã!

publicado por contrariadora às 21:19

Janeiro 28 2009

"Por isso é tão importante deixar certas coisas irem embora. Soltar. Desprender-se. As pessoas precisam compreender que ninguém está a jogar com cartas marcadas; às vezes ganhamos e às vezes perdemos. Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam o seu esforço, que descubram o seu génio, que entendam o seu amor. Encerre ciclos. Não por orgulho, por incapacidade ou por soberba, mas porque aquilo simplesmente já não se encaixa na sua vida. Feche a porta, mude o disco , limpe a casa, sacuda o pó.

Deixe de ser quem era e transforme-se em quem é."

 

in O Zahir de Paulo Coelho

 

Adorei a última frase! Deixar de sermos o que éramos e tranformarmo-nos em quem somos! É mesmo isso que precisamos fazer quando nos queremos libertar do passado e queremos encerrar um ciclo menos bom...Temos que ter a capacidade de nos despedirmos do que já fomos e com quem fomos e abrir espaço para novos conhecimentos que preencham esse vazio mas que continua a necessitar de ser preenchido para sermos bem sucedidos...

Felizmente e, no meu caso, nunca me senti vazia, tive sempre a imensa sorte em várias fases da minha vida de poder contar com a família e com uma mão cheia de bons amigos!

Agora admito que ainda me sinto na fase de transformação em quem realmente sou!

E descubro todos os dias que sou cada vez melhor!

Beijinhos... e para ti Mauri, em especial! Já fazes parte da mão cheia de amigos! ;))

 

 

publicado por contrariadora às 22:39

Janeiro 25 2009

 

Estou temporariamente desligada do mundo internetesco mas não resisti pedir uma pen de banda larga, por uns minutos, só para partilhar umas frases:

 

" O verdadeiro Amor não se conhece por aquilo que exige, mas por aquilo que oferece!"

Jacinto Benavente

" Quando não se sabe para onde se vai, nunca se vai muito longe."

                                                                                                                 Goethe

" O fundo do coração está mais longe que o fim do mundo."

Provérbio dinamarquês

 

Felizmente, o meu não está assim tão longe!

Está bem à superfície para quem o quiser encontrar e para quem eu o quiser oferecer! ;))

E pronto, a minha dádiva de hoje está concluída!

Uma óptima semana para todos os leitores, e em especial para os mais fiéis!

publicado por contrariadora às 21:26

Janeiro 22 2009
publicado por contrariadora às 20:40

Janeiro 21 2009

Pedi aos meus amigos para me descreverem numa só palavra, tudo fruto de uma mensagem que o Mauri me enviou! E o jogo começou...

Eis o que me disseram:

Única...

Amorosa...

Poderosa...

Confiante...

Misteriosa...

Mulher fantástica... (Este meu amigo não sabe contar! ... :-) )

 

 

 

publicado por contrariadora às 21:33

Janeiro 21 2009

Hoje é mais um dos dias em que me apetece fazer tudo menos um relatório de actividades!!!

E aqui estou mais uma vez a reflectir e a filosofar pelos meandros da vida...e do ser humano...

Uma espécie com tantos exemplares de forma e feitio.

Alguns tão simples de descobrir, outros demasiado complexos para desvendar...Uns tão transparentes, outros com uma muralha de vidro à volta...

Depois há aquelas espécies tão "importantes" que fazem questão de se evidenciar em todos os contextos, outras que só valorizam a beleza exterior, tornando tudo o resto supérfluo...

Existem outras que são sobredotadas no acto de criticar e humilhar e aquelas que dão importância a isso... e outras que menosprezam e desprezam esse género...

Há aquelas evasivas na demonstração de vários tipos de sentimentos e outras que  enfrentam e aguentam tempestades e tormentas como se castelos muralhados fossem!...

Como é ampla a natureza do ser humano...e interessante a descoberta das espécies mais e menos recompensadoras, em termos de aprendizagem... sim, porque só faço questão de manter e de me dar a conhecer àquelas espécies com as melhores características humanas...se bem que as menos humanas também ajudam a crescer!

Contudo, quando se está a conhecer alguém chega sempre  uma altura em que se atinge um limite em termos de confiança... Avançar? Recuar? Permanecer na mesma?

É quase impossível permanecer igual... A variável tempo tem muito que se lhe diga... As pessoas mudam, evoluem, têm atitudes (in)esperadas quer positivas, quer negativas...

E continuamos e eu continuo a querer conhecer pessoas, primeiro no geral e se me conquistarem, aí profundamente...

São assim as relações humanas que têm tanto que se lhe diga...

Podemos ganhar e "perder" ( talvez não seja a melhor palavra, pq até com os géneros menos compensadores ganhamos anticorpos!!!), mas cabe-nos a nós escolher as  espécies que nos fazem melhores como pessoas!

 

 

 

 

 

publicado por contrariadora às 19:23

Janeiro 20 2009
publicado por contrariadora às 22:26

Janeiro 20 2009

 

Life isn't measured in minutes, but in moments...

 

Nothing lasts forever...Ver imagem em tamanho real

Estas são algumas das frases que reti do filme "The curious case of Benjamin Button" e que recomendo vivamente!

A principal razão desta minha reflexão de hoje surgiu de uma conversa com um amigo, o Mauri, que leu,  recentemente,o meu blog desde o seu nascimento.

Alertou-me para o facto de estar a pensar na mesma coisa em mt dos posts que publiquei aqui.

De facto, Mauri ,não deixas de ter alguma razão e não quero nem vou contabilizar o número que se referem a um assunto que está mais que encerrado...

Nothing lasts forever...

Este é um desses casos em que me dou por feliz ao dizer esta frase...

Todos nós temos ciclos bons e menos bons...

Essa parte (afectiva) da minha vida andou num ciclo menos bom e com acidentes de percurso que quis enfrentar...mas felizmente terminou...

E apesar deste meu blog se ter centrado mt nessa situação, não significa que a minha vida se resuma a tão pouco!

O amor, a estabilidade emocional são importantes mas a minha vida é bem mais ampla!

As outras áreas têm uma dimensão significativamente superior...e fazem-me feliz, não duvides!

Contudo, continuo sempre na descoberta de mim mesma, à procura de justificações para as minhas atitudes perante a vida...e este blog dá-me a possibilidade de transpor os meus receios, as minhas dúvidas, os momentos felizes e menos felizes que fazem parte do meu dia-a-dia.

E não te preocupes, posso não ter esquecido e provavelmente não esquecerei e não esqueço alguns momentos mas desde que descubra como não me podem magoar e impedir de avançar já é uma vitória para mim!

E não me magoa mais nem a situação em si nem a minha atitude na altura...

Saí vitoriosa!

Descobrir  e conhecer pessoas como tu é outra vitória a acrescentar ao meu currículo de vida!

Nothing lasts forever... mas acredito que o amor sim!!!

E enquanto aqui estiver quero a tua amizade!

Gosto muito de ti, querido Mauri!

Quanto ao resto, é ter a humildade, a serenidade e a paciência necessárias para enfrentar aquele ciclo bom que vai permanecer e ficar!!!  Eu sei que mereço!!! ;))

publicado por contrariadora às 19:22

Janeiro 19 2009

Recomeça…
Se puderes,
Sem angústia e sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro,
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
Vai colhendo
Ilusões sucessivas no pomar
E vendo
Acordado,
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças.

Miguel Torga [1907 -1995]

publicado por contrariadora às 21:34

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
15
16

23
24

26
27
29


links
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO